Montando uma rede WDS com Roteadores ou APs, em uma unica rede Wireless

Que é WDS?

WDS (Wireless Distribution System (Sistema de Distribuição Sem Fio).

É a Forma de interconectar várias BSA (Basic Service Area -  Área de Serviço Básico), Assim como em uma rede de Celular, pode-se realizar mover-se entre as BSAs passando de uma para outra automaticamente como num Roming de celular.
WDS é um sistema que permite a interconexão de access points sem a utilização de cabos ou fios. Como descrito na norma do IEEE 802.11, ela permite que redes wireless expandam-se utilizando múltiplos access points sem a necessidade de um backbone central para ligá-los através de cabos, como costumava-se fazer.
Um Access Point pode ser uma base central, de repetição ou remoto. Uma base central é tipicamente conectada à rede por fios. Uma base de repetição retransmite dados entre bases remotas e centrais, clientes wireless ou outras bases de repetição. Uma base remota aceita conexões de clientes wireless e as repassa para estações centrais ou de repetição. Conexões entre clientes são feitas utilizando-se o MAC Address, que se torna melhor que por endereços IP designados.
Todas as estações base em uma rede WDS precisam ser configuradas para utilizarem o mesmo canal e compartilharem chaves WEP se for utilizado. Eles podem ser configurados para diferentes grupos identificadores de serviços. Note que ambos roteadores precisam ser configurados para retransmissão entre eles para as configurações dentro da WDS para funcionar corretamente.
Um Exemplo: Digamos que você more em uma casa de dois andares (um sobrado), e você resolve colocar uma rede sem fio pois seu computador está na sala no andar térreo. Mas você também tem um netbook. E qual não é sua surpresa ao chegar no seu quarto no segundo andar, e descobrir que sua rede não pega lá ou pega com pouco sinal. E assim você não consegue utilizar  a internet. A Solução é o WDS onde você coloca um segundo roteador wireless compatível com a tecnologia WDS (existem roteadores por R$84,00 reais como o TL-WR541G da P Link)


configurando ele para repetir o sinal do primeiro roteador, instalar ele num local estratégico para ele operar.
Outra situação e quando vocês moram em casas vizinhas, onde a passagem de um cabo torna-se difícil ou impossível, o WDS é uma solução ideal, o roteador principal fica em uma casa, recebendo a internet, e o segundo roteador fica na outra casa (vale lembrar a distancia, se as casas estiverem muito longe pode ser necessário a instalação de uma antena externa nas casas).
Uma terceira situação aplicável, em caso de empresas pode-se distribuir via Wireless entre os andares, a solução é a WDS e como um roteador pode trabalhar com vários tipos de redes, é possível integrar redes com fio e sem fio numa única rede.

Configurando uma WDS.
A configuração  é relativamente simples, variando de marca para marca de roteador Wireless, e como no artigo anterior, vamos tomar por base os roteadores TP-Link
TLWR642G de 108M e o TP-Link TL-WR541G de 54M, mas vale lembrar que varia de modelo para modelo.
Com o primeiro roteador já configurado para sua rede, vamos acessá-lo e configurar o MAC do segundo roteador nele. Para tanto vamos acessar a pagina do roteador que normalmente é 192.168.1.1 e colocar usuário e senha. No tp-link se a senha não foi modificada ela deve ser user: admin password: admin

Clique à esquerda no item Wireless e depois em Wireless settings, Marque a opção  Enable Bridges, e coloque em MAC of AP1 o MAC do segundo roteador conforme a imagem.
Em seguida salve a configuração e vamos passar a trabalhar com o segundo roteador.
É nessa parte que vamos ter mais trabalho, pois alguns passos devem ser seguidos.
Primeiro: Desative a rede sem fio no computador que vai usar para configurar o segundo roteador. Use o cabo de rede que vem com o roteador para conectá-lo ao computador. O Motivo disso, é que vamos precisar configurar esse roteador, sem que tenhamos conflitos com o primeiro roteador, afinal os dois funcionarão com um só.
Segundo: Vamos configurar na maquina também um IP Fixo pois teremos que configurar o roteador e isso vai fazer o DHCP dele parar de funcionar. Pode colocar o IP 192.168.1.5 com Mascara de sub-rede 255.255.255.0. caso não sabia como fazer clique aqui para ver como se faz no Linux e Clique aqui para ver como se faz no Windows
Terceiro: Entraremos no roteador, vale lembrar que o ip padrão do TP-LINK é 192.168.1.1 ou usuário: admin e a senha admin. Vamos configurar na maquina também um IP Fixo pois teremos
Quarto: A única Chave de Segurança compatível com o WDS é a WEP, então se você usa WPA, WPA2, WPA-PSK, WPA-PSK2, saiba que terá que redefinir sua senha para WEP.

Mude o IP ADDRES para 192.169.1.2 assim quando ativarmos o radio, não vai conflitar com o IP do primeiro roteador, e clique em salvar

Salve e aguarde o roteador sincronizar, e digite o novo IP no navegador e acesse o roteador para continuarmos a configurar.
Agora vamos desabilitar o DHCP, Afinal só precisamos de 1 DHCP na rede, e esse é o papel do Primeiro roteador.
Clique em DHCP na coluna esquerda, e depois em DHCP Settings. Uma vez lá clique em Disable no item DHCP Server. E depois em SAVE

Vamos fazer nela a mesma configuração do primeiro roteador.
Mesma SSID, Mesma REGIÃO, mas Cuidado o Channel tem que ser diferente se foi usado Canal 6 num roteador devemos usar canal 5 no outro.

O Modo deve ser o mesmo nos dois roteadores, caso contrário vai encaroçar a rede. Isto é se você tiver 2 roteadores, um de 108M e outro 54M configure os dois roteadores para operar a 54Mbps os dos tendo a mesma velocidade evita-se que tenhamos problemas de desempenho na rede, e acredite, deixe sempre o roteador mais rápido na velocidade do mais lento, Caso contrário a velocidade da rede vai ficar muito baixa, pois vai ter congestionamento de pacotes.

Ative o Radio (Enable Wireless router Radio)

Ative o SSID BroadCast

E Finalmente a diferença:
Ative a Bridges, igual fizemos no inicio desse artigo com o primeiro roteador, mas desta vez coloque o MAC do Primeiro roteador no Campo MAC of AP1. Lembre-se o MAC Address está escrito em uma etiqueta em baixo do roteador.

Mantenha a Mesma Chave WEP do primeiro roteador nesse roteador também. Obs.: só pode ser chave WEP pois uma rede WDS são suporta chaves criptografadas.
Salve

E Pronto, os roteadores já estão usando uma rede WDS entre eles.
Confirmando a conexão.

Entre no segundo roteador e clique em Wireless, e depois em Wireless Statistics e veja:
Deve ter dois itens Current status AP-UP, Um com o tag Address do primeiro roteador e outro com o Mac Address do segundo roteador

Os Status STA-ASSOC são as maquinas conectadas nesse roteador via Wireless
O Primeiro roteador deve estar igual com os status AP-UP

Nas exemplos acima existe duas maquinas  conectadas ao segundo roteador (54M) e nenhuma maquina no Primeiro roteador (108M), veja que no status do 108M encontra-se somente os AP-UP indicando que os dois roteadores estão on-line, e temos conexão entre eles. Outra forma de testar a conexão, é com o cabo de rede ligado ao segundo roteador, e com a placa de rede wireless desativada, tente acessar o primeiro roteador. Se tiver internet ligada ao primeiro roteador, tente navegar. Depois disso é só guardar o cabo de rede ligar a placa wireless, e conectar todas as maquina na rede.

OBS.: Existe um meio de habilitar o WDS no D-Link DI-524 da cisco. Basta acessar o endereço do roteador \wds.htm

Os comentários estão fechados.